Análise: Crash of the Titans

Não cumpri minha promessa e não postei as análises de Nintendo DS que eu disse que iria postar. Na verdade eu consegui tirar folga nesse feriado (primeira vez no ano!) e então resolvi aproveitar para descansar um pouquinho. Também mereço, não é mesmo?

Hoje então vou comentar sobre minhas impressões sobre um dos jogos que joguei e gostei por esses dias.

Batida de Titãs

Crash of the TitansCrash of the Titans é o mais novo jogo da raposa maluca Crash Bandicoot, que agora está sendo produzido pela produtora Sierra, que resolveu trazer antigos mascotes de volta à vida. (ano passado ela começou a fazer jogos de Spyro).

Existem várias versões desse novo Crash, incluindo para PS2, X360, Wii, PSP e Nintendo DS, versão que joguei e me surpreendi.

Antes de falar do jogo em si, gostaria de expressar minha admiração por Crash. Eu joguei e fechei os três primeiros títulos lançados para PSone, e posso afirmar que eram realmente bons. O terceiro, meu favorito, até hoje dá boas recordações da minha época de PSone.

Curti muito as seqüências de minigames (Crash Bash) e de Corrida (Crash Team Racing). Esse último eu jogava todos os fins de semana com alguns amigos utilizando o acessório para quatro controles.
Pena que com o tempo a série deixou de ser produzido pela Naughty Dog, e a qualidade ficou muito aquém do esperado. As versões lançadas para a geração de 128 bits até hoje só fizeram a imagem de Crash pior.

Já deu pra ver que um “fã” analisando uma seqüência nova após tantos desastres não vai dar mole pra problemas. Mas quem disse que a vida é fácil?

Controlar os titãs é bem legal no DS

Tudo novo? Nem tanto

A versão de Nintendo DS tem uma característica que a torna, em minha opinião, a melhor de todas.
O jogo funciona de maneira muito parecida com os três primeiros Crash’s. Entendeu o porquê eu gostei do jogo agora?

Todas as fases estão na clássica visão em terceira pessoa com câmera fixa atrás de Crash. Acho que nos últimos anos nenhum jogo conseguiu me fazer relembrar como eram divertidas as fases dos Crash’s.

O enredo é engraçado, para variar. Neo Cortex quer transformar todas as criaturas da ilha onde Crash vive em terríveis monstros. Então o Aku-Aku (aquela máscara de madeira) faz Crash acabar com mais esse plano de “cebolinha” do vilão.

Nas versões de mesa, a irmã de Crash, Coco, é seqüestrada. Mas na de DS ela tem uma tendinha que vende upgrades.

O curioso do enredo é que a sobrinha de Neo, Nina Cortex, entra em cena para fazer o trabalho sujo no lugar do tio, que anda sem moral.

Existem alguns Puzzles, como esse ai com a cara do Neo

Pula, corre e domina

A jogabildiade de Crash não tem segredos, e na versão de DS tudo ficou muito bem feito. A grande novidade, que é o “tchans” desse título, é que Crash pode dominar os inimigos usando o Aku-Aku.

No DS basta você bater em um inimigo até ele ficar tonto, e então usar a touch screen para dominar o monstro e controlá-lo, ficando montado nele.

Esse sistema é muito divertido. No DS cada monstro tem ataques especiais diferentes, que são ativados através de toques na tela ou sopros no microfone. Tudo muito intuitivo e funcional.

Existe uma boa variedade de monstros que podem ser dominados durante todo o jogo, só que são limitados dependendo de cada fase.

Existe uma boa variedade de titãs a serem dominados

Faca na caveira?

Crash recebeu um novo tratamento visual pela Sierra. Agora a raposa maluca tem cabelos mais rebeldes e também ganhou algumas tatuagens tribais bem estranhas nos braços. O visual de Coco mudou menos, agora ela está com uma franjinha de lado. Aku-AKu está irreconhecível à aquele do PSone. Cortex continua feio e cabeçudo.

Um dos fatores que me fizeram achar Crash of the Titans ainda mais impressionante é que o fator replay está enorme.

Nas fases você tem que recolher umas bolinhas azuis chamadas Mojos. Os mojos são a moeda para a compra de upgrades dos golpes e atributos, como barra de vida, força e etc.

Isso sem falar que ao acabar uma fase no modo normal, você pode jogar ela novamente em outro modo, que utiliza a touch screen de maneira parecida com Sonic Rush nas fases bônus.

Nada a declarar

Uga-Buga!

Crash of the Titans é a volta de Crash a elite dos jogos de plataforma. Eu esperava versões interessantes para consoles de mesa, mas essa belíssima versão para Nintendo DS impressionou demais.

Os gráficos são lindos, os sons muito bem feitos e as fases longas e divertidas. Se você é fã da série e, assim como eu, curtiu os primeiros episódios da série, esse jogo é imprescindível. Se você nunca foi muito fã, ele também é imprescindível.

14 comentários sobre “Análise: Crash of the Titans

  1. O Crash pra mim eh mais um personagem das antigas que infelizmente perdeu boa parte do brilho nas novas geracoes. E isso me entristece. Bom saber que no DS ele tomou um folego bacana ;P

  2. é. a resenha é muito boa. Mas andei pensando.

    Onde andam todos esses mascotes aí?
    Vi uma matéria na EGM sobre cadê os mascotes e bateu um puta saudosismo.

    FOX Também sumiu…

    Só mais uma coisa:

    Crash é uma raposa?

  3. Gustavo: Olha, pra te falar a verdade é difícil de saber de qual animal o Crash surgiu. Já li em sites falando que ele é cachorro, hyena (!!) e outros bichos estranhos. Preferi Raposa, mas entenda como quiser ^^ uahauha

    Eu li a reportagem dos mascotes na EGM. Lá tem MUITOS mascotes que eu nem lembrava. O Fox ainda apareceu ano passado, também no NDS, em Star Fox DS.

  4. Ah Crash Bandicoot, quão nostálgico isso me soa… da época das patas na introdução do jogo (seguido do logo da Naughty Dog), do ‘doutor Nintendo’, das corridas com o trigrezinho da Coco e das corridas atrás das caixas intermináveis… pensei que esses momentos nunca voltariam, mas parece que minhas economias certamente já têm destino.

    Mas o que fizeram com o Aku-aku !!!!!!?????
    Que é aquilo!!!???
    Aquilo NÃO É o Aku-Aku, definitivamente (e absolutamente) não!!
    Nem para darem um outro nome nessa máscara de macaco emperiquitada!
    Po, aprendam com os mestres! Tá afim de mudar? mate o Bottles e ponha o chatão do Mottles!

    voltando à nostalgia…
    Ai ai, lembrar daquela época é muito bom,… como eu me divertia… Eu não tinha inveja dos donos de PS pelos RPGs, mas sim por Crash e Spyro!
    Na era 128-bit não acho que Crash fez feio, o primeiro jogo que tive do Cube foi Wrath of Cortex (que cansei de jogar e jogar tudo de novo… não tinha memory card =[), tá certo que o jogo era simplesmente um ‘Warped again’, mas quem disse que não era divertido? Depois daquilo a série só foi pra baixo, com alguns joguinhos pra GBA e olhe lá. Achava que só voltaria a ver seu brilho em um remake pra DS, mas quando vi que sairia um título pra DS que você iria controlando animais por aí entortei o nariz… na verdade ainda está meio torto, não consigo engolir essa idéia. Quero voltar a correr atras de caixas denovoooooooooo!!!

    Então por favor… dê mais detalhes O.O, as caixas ainda estão lá? Ganharei um cristal cinza se pegar todas? Ainda se ganha novas habilidades ao matar um chefão? Ainda há corridas com animaizinhos (uhuu)? Níveis secretos? Maças?

    Uh…cansei, escrevi demais…. tenho que voltar pra casa e estudar ¬¬… quero meu pc de voltaaaa…

    momento revolta passô… =P

  5. Lucas Maimone

    Gostei muito desse novo crash e também e achei que meus longos tempos de diversão com crash estavam acabados,mas lançaram esse novo crash que se destaca por vc poder montar em bichos e tudo +,resumindo…horas e horas de muita de diversão!ah,e apesar da minha opinião:acho que crash eh um marsupial!

  6. guilherme gomes

    Crash Bandicoot,onten mesmo eu joguei a minha primeira vez,eu fiquei agitado o dia inteiro,é muito legal fui até no nivel do bichão e peguei ele pra mim. muito legal aquele jogo vo baixar ele.

  7. joshua gabriel

    onten eu joguei crash mind over mutant 2 e cheguei ate o nivel de uma maquina nun lixao e tem uma porta que eu nao consigo passar escrevam como passar e escreva aqui que eu vou ver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s