Ports: vantajosos ou perigosos?

 por Lucas Patricio

Hora de discutirmos a real importancia e influencia dos portsQuem escuta o GoLuckast com freqüência sabe como eu critico jogos mal feitos. E claro que não sou o único que não gosto daquelas tranqueiras feitas “nas coxas”, mas ultimamente os ports (relançamentos de jogos originalmente lançados para outra plataforma) andam me irritando.

Para começar esse assunto vou mostrar algumas noticias que andam rolando por aí que justificam a importância do assunto.

RockBand de Wii, suposto port da versão de PS2, não possui modos online, músicas para download e nem mesmo interação com os controles do console.
-O port de Bully lançado recentemente para X360 e Wii está cheio de bugs. E mesmo após um patch de correção, houve algumas reclamações de vários problemas que insistem em atrapalhar a experiência do game.
-Guitar Hero 3 de Wii também deixou a desejar nos modos extras
– Ratchet & Clank: Size Matters de PSP ganhou notas altíssimas da critica. Já não podemos dizer o mesmo de seu port para PS2.

Poderia escrever centenas de linhas citando exemplos de como os ports podem ser perigosos. Mas a pergunta é: se a grande parte deles acaba sendo uma grande furada, será que mesmo assim ainda é vantagem eles serem lançados?

bullyport01.jpg

Entendendo o problema

Vamos lembrar que estamos falando de uma indústria de bilhões de dólares. Lançar um produto na aérea de games pode ser garantia de muitas cifras. Ainda mais se apenas o titulo pode vender boa parte dos estoques.

Claro que se não vendessem bem, os ports não existiriam. Isso é fato. O que é certo também, é que o custo para se produzir um port é (geralmente) muito mais baixo do que o jogo original. Logo, a faixa de lucro que a produtora espera ter é relativamente menor que o do game original.

É aqui que mora o perigo. Imagem só a seguinte cena, protagonizada por empresários de uma empresa “Y”:
-Olha, se lançarmos esse port pro console X, podemos ganhar uma nota extra
-Mas senhor, não há tempo de produção suficiente para fazer todas as alterações necessárias.
-Façam o que for possível. Afinal de contas, o que entrar é lucro

Claro que a situação é fictícia. Mas se você for um pouco menos ingênuo que eu, vai perceber que é um belo de um negócio para algumas produtoras.
Atualmente quem mais sofre com a enorme quantidade de ports mal feitos é o Playstation 2 e o Wii. Cada qual com seu motivo bem esclarecido.

godofwarport02.jpg

Aumentem os pixels!

O PS2, com uma das maiores bases instaladas de consoles no mundo, ainda é um bom negócio para as empresas investirem. Enquanto o seu irmão mais novo (PS3) não decola definitivamente nas vendas, o portátil PSP é quem anda recebendo muita atenção.

O portátil recebeu versões de séries famosas como Ratchet & Clank, GTA, Syphon Filter, Silent Hill e Twisted Metal. O que existem em comum entre elas? Todas foram portadas para o PS2. E todas pioraram demais no console.

Não é preciso ser muito crítico para ver que os gráficos portados do PSP ficam visivelmente “grosseiros” no PS2. Polígonos enormes lembram a época do PsOne. Jogabilidade presa e câmeras nada amigáveis lembram o início da era 3D.

gtapixelgrande01.jpg

Recicl-wii

No Wii praticamente a mesma coisa acontece. Boa parte dos jogos multiplataformas que chegam são ports quase que idênticos das versões de PS2. E não, isso não é bom! O Wii é um videogame de “nova geração”. Tem recursos de nova geração. Mas o que anda acontecendo é: “Ah, coloque uns movimentos para o Wiimote que já está bom…”

NÃO! Não se pode utilizar os recursos do Wii apenas como um diferenciador de versões! Eles são muito mais do que controles alternativos. Não é só colocar o ataque que antes era feito com “triângulo” para uma “chacoalhada” com o controle. Isso chega a ser patético.

E o pior ainda está por vir: existem ports que se quer usam os controles, e ainda cortam todos os recursos que o game deveria ter. Será que a Harmonix vai ler isso? Mesmo que não leia, eu sei que não fui o único a reclamar.

 rockbandmodoonline.jpg

O que você acha?

Apesar de ter sido uma espécie de desabafo, eu escrevi este post para tentar levantar uma discussão: até que ponto devemos tolerar os ports? Será que alguém ai lembra algum recente que tenha ficado bem feito?

E só para encerrar meu raciocínio: se fosse fácil (e barato) fazer port com qualidade, a Sony não teria dito que GoW: Chains of Olympus não sairia para PS2, o que pensando no princípio dos ports, era o mais óbvio. E agora?

Anúncios

22 comentários sobre “Ports: vantajosos ou perigosos?

  1. Cesar Leropold

    O único que ficou realmente bom foi o Resident Evil 4 Wii edition, porque ele mistura os melhores graficos do cube + extras do PS2 + mira pelo wii-mote = NÃO TEM PREÇO.
    Um Abraço.

  2. Tiago Cabral

    Sofri muito com o PS2 nos ultimos momentos de vida dele (final do ano passado!)só haviam jogos ruins e eu havia acabado de terminar Final Fantasy 12 que é um jogaço. Os jogos bons não existiam mais, havia terminado todos e alêm disso queria comprar um XBOX360. Foi a deixa para partir para a nextgen e comprar a caixa X.
    Mas o PSP sofreu muito mais com isso do que o PS2, eu sei porque tive um PSP e vendi por causa do fator replay que até então existia no portátil, prefiro mil vezes o DS. Hoje deram uma melhorada, mas a nextgen também sofreu com esse mal no começo, no XBOX360 por exemplo nós tinhamos NFS – Most Wanted, The Godfather, Call of Dutty 3 que eram todos ports do PS2, mas que não ficaram tão ruins no XBOX360.

  3. Tiago: É, todo começo de geração é complicado. Foi bom vc lembrar que no começo do 360 haviam ports para ele, mas eles eram indiscutivelmente mais caprichados que as demais versões. O que nos leva a pensar que, na verdade, os verdadeiros ports eram as versões de PS2 e afins!

  4. Pablo Raphael

    serio q os ultimos momentos do PS2 foram no ano passado?

    já viu a lista de lançamentos do console para esse ano?

    tirando os ports, tem muita coisa boa.

    e falando em RE4 tem um rumor na internet de que vai sair um novo port, agora para ps3 e 360… tão sabendo?

  5. Sério Pablo? Bom, se o port pra X360 e PS3 não tiver os bugs que Bully teve, sem problemas XD

    Mas é incrivel como a Capcom está reaproveitando tudo que ela pode nesse RE4…

    E sinceramente em 2008 eu não espero muuuitos lançamentos pro PS2. Claro que vão ser lançados bons titulos, mas o ritmo já não é o mesmo do ano passado…

  6. Pablo Raphael

    Sobre RE4 PS3 e 360, parece que será ainda melhor, com + uma campanha inédita. Mas ainda é só um rumor:

    http://www.eurogames.limao.com.br/noticia.php?id=443

    Sobre lançamentos para PS2, tem varias coisas, mas principalmente, tem muitos RPGs undergrounds – leia-se “que só sairam no Japão” – que estão ganhando versões europeias e norte-americanas. Tem tambem jogos famosos, como Yakuza 2 que já foi confirmado para a Europa e em breve para os EUA.. e os Final Mix de Kingdon Hearts (I e II) seguem pelo mesmo caminho. Tem Persona 4, que é exclusivo do console.. enfim.. o PS2 é o console pra quem curte rpgs japoneses.

  7. Hum, interessante esse rumor, Pablo.

    Sobre os lançamentos que você citou: é isso mesmo que vc disse. Quem gosta de RPG nipônico (de todos os tipos) ainda tem opções. Eu eleito Persona 4 como o grande lançamento do ano pro console, áté agora.

  8. É caro Patricio! Com o perdão da palavra, tá foda aturar esses ports vagabundos pro Wii!

    O único bom é RE4 mesmo e só!!! Talvez eu até comprasse Bully por ser tipo GTA e o Wii não tem GTA, mas só se ele tivesse preço de port, como RE4 tem que é de 28 dólares!

    Eu já escrevi um post no meu blog falando sobre isso! Do saco cheio de todos os donos de Wii!!

    A única solução que eu vejo pra isso melhorar é a Nintendo oferecer uma rede online descente, um HD externo pro Wii que inevitavelmente vai ter que acontecer por conta do WiiWare (se não acontecer é a morte desse canal) e os donos de Wii precisam boicotar os ports mais porcos como esse do Rock Band!!

    Só tem um port de ps2 que eu compro do jeito que está, só implementado os controles de Wii que seria o GoW!!! E assim mesmo eu sei que não vamos ter esse port pq ele exclusivo da Sony!

  9. Marcio Bros

    Cara. eu já estou de saco cheio de ports para o Wii, mas acho que o wii só irá engrenar com a morte do PS2 hehee, mas acho umpa P%&@ sacanagem, Esses maleditos Ports são apenas uma forma a mais de arrancar uns cashs para arcar com os altissimos preços de produção para a já “Atual Geração” mas alguns almenos sanvam, vide os EXELENTES

    Naruto Clash of Ninja Revolution (Port do GCN, jogar como wiimote ficou bem mais legal)

    Dragon Ball Z Budokai Tenkaichi 3: Cara esse jogo sim, fica 10.000 vezes melhor se jogado no wii, veíi sabe akele sonho de fazer Kamehameha com suas proprias mãos? Então a chance é esta…

    Resident Evil 4 wii edition: Esse dispensa apresentações, mas falarei assim mesmo, Joguei no PS2, parei sei lah o porque (Acho que era por causa da mira), e peguei a versão wii, cara, outro patamar, e se metade dos games de wii usassem esta engine, hoje, o mundo seria um lugar melhor

    Okami wii: Esse ainda nem saiu, mas acho impossivel estragarem esse clássico, que NASCEU PRA SER JOGADO NO WII, esse acho que tomará as mesmas proporções de RE4: W E.

    Bom se formos analisarmos bem até que alguns ports seria bacana..(desde que não venha da EA) mas naum vejo a hora de isso acabar…
    \o/\o/ (droga mais um post grande…hahah)

  10. Marcio Bros

    hehehe, Mas não veia malalgum ports de ds, pq neste caso o game teria que ser “refeito” de qualquer maneira e como os dois têm idéis “parecidas” poderia sim render ótimos games como Trauma Center que ficou fodasticos nas duas edições!! 😀

  11. Quero recordar aqui mais um dos (poucos) ports que deu certo: a série Ace Attorney.

    No GBA era tão caca e limitado que só ficou no Japão. No DS encontrou um novo lar, cama quente, carinho e o apreço de milhares de fãs.

    Quanto ao RE4 Wii, realmente é um bom port, mas ainda prefiro original – aliás, viram que vai ter port pra celular?

    Já Okami Wii acho que será perfeito e tem um adventure da Grashhopper pra DS que é port de PS2 e acho que ficará muito bom. É um tal de Flower, Sun and Rain.

    Pablo, excelente lembrança dos RPGs de PS2. Boto uma fé no Persona 4 (o 3 é ótimo) e bem que os Kingdom Hearts Final Mix podiam aportar por aqui. Não me importaria também de uma versão caseira do Crisis Core. Bem feita, claro, e com extras se possível. Por favor.

  12. Cheguei atrasado na discussão então tudo que eu diria já foi dito por vocês. Acredito que a “onda” de ports nunca vai parar, até porque muitos que compram o port talvez não tenham jogado sua versão original e por tal motivo não conseguem vizualizar muitos defeitos. É claro que os fatores apontados no post podem ser vistos por qualuqer um, mas digamos que o jogador que não tem um PSP pode acabar curtindo o port do Ratchet & Clank para PS2. Os ports para Wii foram muito bem resumidos na frase: “Ah, coloque uns movimentos para o Wiimote que já está bom…”, pode parecer engraçado mas é isso mesmo que deve acontecer…

  13. Pablo: É verdade, apesar de parecer “ter sido feito para o Wii”, Okami foi feito pra PS2, que isso fique bem claro XD

    E o Wagner tocou num ponto interessante: quem não sabe (ou nunca viu/jogou) as versões originais dos ports, talvez não liguem para uma suposta “baixa qualidade”.

    Será então que somos muito rigorosos? o.O’

  14. Pablo Raphael

    cara, ainda tenho q experimentar o wii, entao nao posso opinar muito sobre o assunto.

    principalmente nesses jogos q envolvem tiro (seja em 1a ou 3a pessoa) sempre preferi o PC.. The Godfather eu fechei com 100% do jogo no PC, nao tive essa paciencia toda com o PS2..

    E concordo com o Wagner, pode ser que, se vc nao jogou o original, o port te faça feliz. Eu nunca reclamei do port de RE4 para PS2..

    Mas os ports de portatil são sacanagem, principalmente PSP/PS2. Vi recentemente o Twisted Metal Heads-On do PS2 e achei feio de mais.. no portatil, blz, nas na tela da tv, nao dá..

    Pior q isso (mas por muito pouco) só as versões limadas de jogos next-gen para o ps2, como por exemplo, NFS:ProStreet.

  15. Marcio Bros

    Eita hein!! esta Post tá dando uma discussão boa pra dimais da conta né não? hahah (MG Rules!!)

    Vamu lah!! Pablo vc tocou em um jogo muito bem colocado NFS:PS…. Versão 360, cara, os graficos ficaram bons o sistema de dano bem bacana, mas o game meio que perdeu o foco… Mas o game é bom…

    Versão Wii, esse eu peguei emprestado, mais um port maledito feito as coxas, feio de lascar, sistema de dano? Qual? me avisem onde esta que não vi nenhum…
    maaais… os controles são fodas demias cara, sou aquele tipo de jogador que joga pro prazer, tipo, acabo uma fase de Gear of war, desligo o 360 e ligo o wii pra jogar My Sims (não riam, por favor) só jogo o que me da prazer na hora (acho que é por causa do meus DS que tem games que parecem do SNES mas que são bons pra caramba), então voltemos ao NFS… Adivinhem qual versão de NFS eu terminei, a do 360 claro! errado, foi a de wii, tudo nele pode ser pior mas aquelos controles ficaram fantasticos nunca senti tanta emoção (inital D rules) ao fazer um drift, com o wiimote fica mais bacana, pois vc chega a inclinar o corpo dependendo da curva, parece que vc, de alguma forma esta ali, mais próximo ao jogo, esse é o tipo de sentimento que gosto de sentir.

    Onde raios quero chegar.. nem eu sei mas, acho que ja até estou mudando de opinião (heheh) acho que forem relançar um game, tem que ser bem feito, no caso do Wii, onde ele se destaca, na jogabilidade.

    Já no caso de Okami Wii, nem há o que ser feito pq o game em sua parte grafica, não é muita coisa, e sim o seu estilo artistico, então a versão wii sera apenas a versão PS2 com sensores de movimento. E querem saber o que irei fazer? Não perderei este game por nada!!!

    (tá bom Capcom agora ja pode parar… se bem que a Atlus poderia lansar um persona 3 ou 4 ou a Kojima productions metal gear 3 bacana pro wii hehe….)

    meu coment tá parecendo muito ista né? mas sou um feliz proprietário de um Wii60, Nintendo DS, PS2, PS3? ainda preciso jogar na megasena algumas vezes pra ter um… quem sabe um dia…

  16. Por isso muitas pessoas reclamam tanto dos gráficos de wii ! A maioria dos jogos são ports do ps2 para o wii,um exemplo disso é o jogo Lego Batman que no wii,nem se quer sombras bem feitas tem (sombras bem feitas que digo é aquelas bem reais mesmo,as do wii são só bolinhas nos pés dos personagens),é igual ao do ps2 mas com o wiimote,e um outro exemplo é o jogo The sims 2 pets!! Isso que decepciona : produtoras que temem não ganhar dinheiro com o wii e acabam fazendo ports de video games da geração passada para ele,tipo,veja se um jogo decente,não portado de nenhum outro console para wii tem esses gráficos merrecas (tipo Super Mario Galaxy 1 e 2,The conduit,etc.).Tbm podemos culpar um pouco a nintendo,por não ser tão rígida com os jogos,uma produtora pode oferecer ai um jogo de wii com gráficos de nintendo 64 que a nintendo ta nem ai !! O wii é capaz sim de ter gráficos tremendos de bons (um exemplo é Super Smash Bros Brawl,Super Mario Galaxy 1 e 2 e The Conduit).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s