Naves para todos os gostos (e plataformas)

por Wagner Araújo

Minhas \Até hoje quando alguém pergunta sobre meus gêneros de jogos favoritos eu nunca deixo de incluir o gênero “Jogo de Navinha”, isso mesmo, porque é assim que até hoje o pessoal mais da “antiga” refere-se ao tipo de jogo que marcou época nos arcades e consoles mais antigos, mas que hoje em dia estão fora do foco das grandes desenvolvedoras.

Sorte nossa que ainda existam os portáteis e as onipresentes Xbox Live e PSNetwork, pois é através dessas plataformas que os saudosistas podem matar as saudades de um bom “Scrolling Shooter”, ou se preferirem, um bom “Jogo de Navinha”. Estou escrevendo sobre eles hoje para comemorar o lançamento de Ikaruga na Xbox Live Arcade e a disponibilazação, na PSNetwork, da demo de R-Type Command para o PSP.

Adentrem seus cockpits

Ikaruga

IkarugaLançado em 2001 para os Arcades, recebendo posteriormente versões para Dreamcast e GameCube, Ikaruga é um jogo de navinha na melhor concepção do termo. Apresentando a consagrada jogabilidade de desviar alucinadamente de tiros que enchem a tela ao mesmo tempo em que detona os vários inimigos que surgem em grupos e tamanhos cada vez maiores, com direito, é claro, a enfrentar um chefão maior ainda no final de cada fase.

O que diferencia aqui é o sistema de “polaridade”, resumindo de forma simples: cada inimigo atira um dos dois tipos de energia, uns atiram energia branca e outros preta. Você pode através do botão B inverter a polaridade de sua nave, se você estiver na polaridade branca penas os tiros pretos podem destruí-lo e o mesmo vale para o contrário, além disso , se você receber tiros de energia branca enquanto estiver nessa polaridade você além de não sofrer danos ainda absorve essa energia que pode ser lançada contra os inimigos na forma de lasers teleguiados.

Quando inverte a polaridade de sua nave seus tiros também mudam de cor, o que faz com que você cause o dobro de dano se atingir os inimigos “brancos” com energia “preta”, por exemplo. Pode parecer simples, mas tal jogabilidade torna-se essencial para avançar no jogo e quando você menos percebe já está apertando o B que nem louco para absorver os tiros a tempo.
O jogo completo custa 800 MS Points (U$10).

R-Type Command

Aqui a coisa muda de figura, quem (assim como eu) correu para conferir a demo achando que ia encontrar o bom e velho R-Type, que sagrou-se no estilo Scrolling Shooter ainda na década de 80, pode se decepcionar um pouco, pois essa versão para PSP apresenta uma jogabilidade bem diferente. Lançado ano passado no Japão com o nome de R-Type Tactics (o que já vai dar uma boa idéia do estilo) e previsto para chegar as prateleiras americanas no mês que vem, R-Type Command é um jogo de estratégia no estilo tabuleiro, onde você deve mover suas unidades por um terreno dividido em hexágonos tentando sempre o melhor posicionamento possível para detonar os inimigos.

Nele estão presentes as naves clássicas da série, como a pioneira Arrowhead, e mais uma centena de outras unidades, cada uma com armas e habilidades diferentes, sendo possível até mesmo unir algumas delas para torná-las mais poderosas e com habilidades distintas. Os combates acontecem no tabuleiro mesmo, porém alguns ataques são mostrados em animação 3D. A campanha pode ser jogada tanto com a armada dos terráqueos quanto com as unidades dos inimigos, os aliens Bydos.

A nova roupagem de R-Type é divertida, mas pode decepcionar os fãs da ação frenética da série. O replay do jogo é alto já que um modo multiplayer está incluído (disponível até mesmo na demo).

R-Type Command

Nanostray 2

Nanostray 2Para terminar vou falar de um jogo de navinha que ainda quero jogar, e que foi lançado para Nintendo DS no mês passado. Nanostray 2 dá seqüência a um dos jogos mais divertidos (na minha opinião) feitos para o DS, lembro de jogar tanto o primeiro que meus dedos até doíam, e apesar de muito bom tinha o defeito de ser curto.

Em Nanostray temos os elementos marcantes dos Scrolling Shooters, com uma pequena inclinação para o 3D, na sua primeira versão era possível alternar entre as armas disponíveis através da tela de toque, porém não haviam opções de customização, mantendo-se assim os mesmos tipos de tiro do início ao fim do jogo. Já em Nanostray 2 os jogadores podem escolher no início de cada missão as sub-armas que desejam acoplar à nave (tendo seis tipos disponíveis) e o local onde desejam fazer isso (na frente, um nos lados, atrás).

Mayday, Mayday nave abatida!

Além dos citados é possível conferir outros “jogos de navinha” na própria Live Arcade, mas nenhum deles tem o brilho dos antigos R-Type, Sonic Wings e tantos outros. É uma pena que tal estilo não receba mais os devidos investimentos, acho que a salvação ainda está no DS e no PSP, mas tirando o citado Nanostray não vejo muita coisa consistente sendo lançada. R-Type Command é legal, mas poderia ser feito baseado em qualquer outra franquia que não faria muita diferença, afinal jogos de estratégia temos aos montes. Agora é com vocês, qual seu “jogo de navinha” favorito?

“Espero que não proíbam os jogos de navinha no Brasil”

Anúncios

7 Responses to “Naves para todos os gostos (e plataformas)”


  1. 1 Pablo Raphael 10 abril, 2008 às 8:40 am

    O ultimo que joguei bastante foi Silpheed no PS2. Jogão de navinha, recomendo para todos que curtem o gênero.

    Um que eu quero conferir é o remake de 1942.. já gostava do original e as imagens que vi dele até agora são de babar..

  2. 2 Rodrigo Budrush 10 abril, 2008 às 11:38 am

    Eu adoro esse estilo de jogo, ainda que ande sem paciência pra jogos difíceis. Tô jogando o Radiant Silvergun do Saturn, game que deu origem ao Ikaruga (que, aliás, ainda não joguei). 🙂

  3. 3 Lucas Patricio 10 abril, 2008 às 2:30 pm

    Puts, eu sempre fui MUITO ruim em jogos shooter de naves em 2D XD auhaua Acho que sou muito afobado, mas enfim. As minhas duas últimas experiencias no gênero foram à bordo do nanostray 2 (um dos jogos mais dificeis que ja joguei no DS).

    O outro é aquele joguinho da Live Arcade que é gratis, esqueci o nome agora :shame:
    O bacana deste é o multiplayer online pra até 4 pessoas. Bem divertido.

    Agora convenhamos: Ikaruga é sensacional. E na Live deve ser ainda melhor! EU QUERO!

    Só espero que o GoLuck ainda esteja no ar quando eu jogar Ikaruga…Tomara…

  4. 4 Cainã Costa 10 abril, 2008 às 8:41 pm

    Até hoje eu estou procurando algum shooter 2d que tenha evolução, compra de peças e tal. O mais próximo que eu cheguei disso foi o Stargunner, que aliás, recomendo à todos os fãs do gênero 🙂 Se alguém tiver sugestão, só falar 😀

  5. 5 Marcelo 9 dezembro, 2008 às 1:46 pm

    Eu sempre gosteir de jogos de nave, arcade, enfim de nave é melhor, eu costumo ver a qualidade dos grafico, jogabilidade e testar e ver se e legal, eu gosto muito de um jogo chamador DemoStar que deve estar na 5 versão, eu também acho que as empresa de emvestir nos jogos de nave porque agosto para tudo assim como neguem saber o dia de amanhã etcccc.

  6. 6 helisonbsb 16 outubro, 2010 às 6:20 pm

    bons tempos estes jogos de navinha!!!!!!!!

  7. 7 Tião Ferreira 3 outubro, 2016 às 2:16 pm

    Este gênero de jogo, aliás, o primeiro a ganhar fama no mundo dos videogames NUNCA morreu como muitos pensam.

    Ainda que as grandes desenvolvedoras torçam o nariz, a internet está repleta de excelentes jogos indies ao alcance de um clique.

    Confira as novidades no CLUBE DA NAVINHA, no Facebook e no TASBPAN (Todas as Suas Bases Pertencem a Nós) http://www.filosofiashmup.blogspot.com


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: