Produtor de Prince of Persia: Next Gen conta novidades do jogo

Por Carlinha Rodrigues

Em entrevista ao Gametrailers, o produtor de Prince of Persia: Next Gen, Ben Mattes, conta um pouco mais sobre o jogo que será lançado no final de 2008.  Ben diz que o primeiro POP para a nova geração de consoles seguirá a mesma linha dos outros jogos da série, e relata um pouco sobre a história do jogo de uma maneira bem peculiar, por assim dizer. Ele conta que lá estava o Prince of Persia voltando para casa depois da sua última missão acompanhado de seu burrinho, que carregava os tesouros conquistados que seriam gastos com bebidas e mulheres, porque o Príncipe da Persia é meio fanfarrão segundo Ben, quando ele se depara com uma tempestade de areia e se perde.
 Quando a tempestade passa, o personagem se encontra em um belíssimo Oásis onde ele conhece Elika. Ela é guardiã da prisão onde se encontrava Ahriman, um espírito mau que escapou e está roubando toda a beleza do mundo, tipo no Okami. E essa é uma das principais novidades do jogo, agora o POP tem uma parceira que realmente faz diferença e interage com o jogo, uma vez que Elika não o deixará caçar o bicho mal sozinho. A especialidade da moça é a magia, e apesar dela acompanhar o personagem principal grande parte do jogo, não interfere em nenhuma ação dele ou acaba irritando o jogador, como a maioria dos assistentes faz.

 

Os dois devem combater o monstro nesse oásis paralelo ao mundo real, e se eles falharem, a corrupção da beleza se espalhará por todo o mundo. Entre os milhares de “if you will” que Ben diz na entrevista, ele ainda fala que o jogo trará muitas lutas e movimentos incríveis, incluindo a movimentação do Príncipe pelas paredes através de uma luva com garras, e os clássicos puzzles (que terão participação de Elika para serem resolvidos).
 Também é mencionada a clara influência de Assassin’s Creed em Prince of Persia: Next Gen. Ben diz que ambos os jogos são do gênero ação/aventura, mas Assassin’s é mais real e dirigido para um público mais maduro enquanto que Prince of Persia é mais fantasioso e focado em pessoas mais jovens. Ele ainda justifica que apesar da mesma tecnologia de movimentos de Assassin’s ser usada no POP, um jogo não partiu do outro, apenas foi levemente influenciado. Aham, sei…

Anúncios

Onde estão os GoLuckeiros? (Denovo!)

por Equipe GoLuck

Enquanto vocês estiverem lendo isso uma parte da equipe do GoLuck estará a caminho da ESWC, digo “uma” parte porque a outra já estará lá, ou seja, teremos o primeiro encontro de toda a equipe do blog.

Além de confraternizar prometemos trazer para vocês a cobertura do primeiro dia desse interessante evento já que nessa sexta-feira rola também a entrega do 4º Troféu Gameworld, realizado pela equipe da EGM Brasil e do site Herói premiando os produtores e distribuidores dos melhores games que figuraram nos consoles, portáteis e PCs no ano de 2007.

Além disso, estão prometidos torneios de Rock Band (Lucas e Camilo terão que representar!), lançamento do livro Guinness World Records Games 08 entre outras coisas.

Por isso fiquem atentos que em breve as novidades estarão no ar!

Onde estão os GoLuckeiros?

por Equipe GoLuck

No exato momento em que você lê esse post, todos os GoLuckeiros estão fora de casa. E não é para nenhuma festinha de sexta-feira não! Hoje é o dia da entrega do Troféu Gameworld, e a equipe do GoLuck (em peso) estará presente no evento que vai rolar junto com o campeonato ESWC.

Quem for da um pulinho lá faça o favor de cutucar os GoLuckeiros para trocar uma idéia, viu?! Mais detalhes no convite e no post de cobertura que deve sair até semana que vem.

Novidades no aniversário de Street Fighter

por Wagner Araújo

Uma nova notícia do universo Street Fighter só que fora dos consoles, dessa vez quem curte os World Warriors poderá adquirir para sua coleção um livro de ilustrações comemorativo das duas décadas do lançamento do jogo que acontece em agosto desse ano.

O livro chama-se Street Fighter Tribute e será lançado pela editora UDON, responsável pelos gibis da franquia (entre várias outras publicações). Street Fighter Tribute trará uma coletânea de artes de diversos desenhistas, alguns conhecidos da Marvel e DC como Adam Hughes e J. Scott Campbell, outros conhecidos da galera gamer como o Jerry Holkins das tirinhas do Penny Arcade.

Artistas de vários outros países também estarão presentes nas 280 páginas do livro e o Brasil não ficou de fora já que consta na lista entre Israel, Alemanha, Itália, Japão e outros. Só não consegui descobrir qual(is) seria(ao) o(s) artista(s) brasileiro(s), será o cearense Ed Benes que está mandando super bem na DC? Eu gostaria que fosse…

A pré-venda do livro pode ser feita neste link, o preço é um pouco salgado (U$80 para a edição com capa dura), mas acredito que vale cada centavo, lembrando que livros não sofrem taxação ao menos não teremos surpresas ao recebê-lo.

O Brasil tem recebido algumas boas surpresas no ramo da “literatura gamer”, já tivemos a HQ do Halo, a Arte dos Videogames, o recente Guinness World Records Games 08 e o ainda por vir Livro-guia Completo de GTAIV, pela editora Europa. Não custa sonhar que um dia um livro como o Street Fighter Tribute também chegue por aqui, público eu sei que não faltará.

Agora um pequeno preview do Tribute…

Sakura!

Legal!Brasil!Chun-Li

“Novos” personagens de MGS4 revelados

Por Carlinha Rodrigues

A revista japonesa Famitsu divulgou mais dois personagens que irão aparecer em Metal Gear Solid 4, aliás, duas personagens.

Rosemary, ex espiã dos Patriots em Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty, a noiva do Raiden (que também faz parte do elenco de MGS4) e Mei Ling, aquela dos provérbios chineses do Metal Gear Solid, estão de volta (e sim, no scan o nome dela saiu errado). Impressão minha, ou esse corte de cabelo entre as personagens estava na moda?

Comentando as novidades de Gears of War 2 (Parte 2)

por Wagner Araújo

Continuando...Continuando com as novidades já mostradas de Gears of War 2 vamos falar um pouco de outros fatores interessantes não só do multiplayer mas do jogo no geral.

Novos brinquedos…

Não, não se tratam dos bonequinhos que já comentei por aqui, mas sim das novas armas divulgadas. Uma das surpresas é uma nova pistola chamada Medusa, ela atira rajadas de 5 ou 6 tiros por disparo sendo capaz de derrubar um inimigo de forma rápida, talvez seja a melhor pistola do jogo já que as presentes no primeiro Gears não eram muito eficientes, eu mesmo só as uso para “tirar onda” depois que o inimigo já está no chão.
A metralhadora Locust Hammerburst sofrerá alterações sendo possível agora apertar o botão do gatilho rapidamente para aumentar o poder de impacto.
E outra novidade fica por conta do lança-chamas Scorcher prometendo fazer churrasco de muitos distraídos no multiplayer.
O lança-chamas deve ser a adição mais substancial para modificar um pouco o jogo, já que deve causar dano em uma área maior permitindo eliminar grupos de inimigos, eu o consideraria a maior novidade se os “metal bucklers” não tivessem sido citados. Os metal bucklers serão escudos indestrutíveis a prova de balas que poderão ser carregados pelos jogadores (reduzindo sua velocidade) ou fixados no chão para gerar cobertura. Quando carregados eles poderão ser usados em conjunto com pistolas apenas.

A Hammerburst será melhorada...Em minha opinião a adição dos escudos é mais efetiva para o single player, já que no multiplayer será mais interessante usar os outros personagens como escudo. Talvez eles sirvam no multiplayer apenas para serem fixados no chão gerando uma cobertura em caso de emergência, porém essa cobertura pode ser chutada por qualquer inimigo que se aproxime.

Em GoW2 as granadas poderão ser fixadas em outras superfícies e não apenas nos jogadores como acontecia no primeiro, além disso, todos agora “nascerão” com uma granada de fumaça em seu inventário. Ainda falando da “smoke grenade” ela terá uma nova habilidade podendo atordoar os jogadores caso exploda perto deles. Como última novidade no ramo das armas teremos uma nova granada, a “Poison Gas Grenade”, que matará qualquer personagem que entre em contato com sua nuvem venenosa.

Humilhar faz parte…

Para quem gosta de humilhar terá a sua disposição mais movimentos de finalização, além do já conhecido “pisão” acionado pelo botão X quando diante de um inimigo caído agora será possível usar os outros três botões como opção, ficando da seguinte maneira: o B causará um ataque com a arma que estiver sendo usada no momento (a única descrição dada na revista ficou por conta do rifle Sniper que será usado como um “taco de golf mortal”), o Y finaliza o inimigo com um soco e o A acionará o modo de escudo humano podendo assim arrastar seu inimigo derrotado pelo mapa usando-o para absorver os tiros em sua direção, quando usando o escudo humano a única arma disponível será a pistola e o escudo humano vai se deteriorar com os tiros levados podendo ser descartado a qualquer momento.
Todas as armas terão um “nível” de “stopping power”, habilidade capaz de diminuir a velocidade de um inimigo atingido quando estiver correndo, por exemplo.

Ótimas novidades, algumas simples como as novas finalizações, mas ainda assim relevantes. Ainda não defini uma opinião quanto ao escudo humano no multiplayer, se por um lado ele pode acrescentar mais possibilidades a sua estratégia por outro lado ele limita sua velocidade e uso de armas o que pode ser fatal no multiplayer, talvez nesse caso o uso da nova pistola Medusa possa ser útil.

Para finalizar…

No multiplayer os jogadores poderão escolher com qual metralhadora começar, a Lancer dos humanos ou a Hammerburst dos Locust. Em modos onde não houver “respawning” os jogadores derrotados “voarão” pelo cenário assistindo a batalha de diversos ângulos e ainda podendo tirar fotos que serão enviadas online como acontece com Halo 3.

Tenho certeza que outras novidades ainda surgirão, eu esperava um sistema de vídeos como em Halo 3 porém não será dessa vez. Já comentamos no GoLuckast 18 sobre a declaração do Cliff Bleszinski, criador de GoW, a respeito do tamanho de GoW 2, afirmando ele que será 5 vezes maior. A campanha single player (ou em coop) do primeiro GoW deixou a desejar em vários pontos, mas o vídeo de gameplay mostrado parece não ter deixado dúvidas de que a nova campanha será mais frenética e provavelmente maior.

Pelo que foi falado do multiplayer na revista X360 UK teremos pequenas mudanças que em conjunto darão uma cara nova ao jogo sem deixar de lado o que mais chama a atenção: ritmo frenético e sangue por todos os lados. Considero o modo Wingman o mais diferenciado, jogar em duplas no GoW deve ser divertido, não só o fato de ser uma dupla, mas também por ter 8 adversários no mapa ao mesmo tempo.

Não teremos evolução de níveis no multiplayer (como em Halo 3 ou CoD4) pelo menos por enquanto (já que o jogo está 65% finalizado), particularmente não vejo interesse em sistema de ranks para GoW, já que não temos conteúdo desbloqueavel como as armas de CoD4 ou as skins de Halo 3.

O saldo das novidades é positivo, agora é só esperar novembro!

“Ha! Ontem encontrei o Lucas em Liberty City!”

SFIV: novos lutadores e versões para consoles confirmados

por Lucas Patricio

Street Fighter IV será lançado para Xbox 360, PC e Playstation 3. A informação agora é oficial da Capcom, que ainda não confirmou a data do lançamento para essas versões, que devem chegar depois da versão para fliperamas (terceiro trimestre).

O Wii e os portáteis, por enquanto, ficam de fora dos planos da produtora japonesa. E aquele papo de que SFIV não dependeria apenas de gráficos e blá, blá, blá? Por que deixaram o pobre Wii fora da lista? Será que ele terá uma versão exclusiva (e podre)?

Já fazia um tempo que eu não comentava sobre Street Fighter IV aqui no GoLuck. Desde o anuncio do Rufus (um lutador “bola”), eu fiquei meio desanimado com a lista de lutadores. Mesmo com os quatro chefes (Veja, Bison, Sagat e Balrog) confirmados, eu queria ver mais personagens novos e antigos.

Mas para tentar renovar nossas esperanças a Famitsu publicou hoje informações sobre novos personagens. São eles: Fei Long (SFII), Dan (série Alpha) e Seth (que não é o Cohen).

Esse tal de Seth, ao que tudo indica, é o novo chefão do jogo. O cara é uma espécie de ciborgue que incorporou todos os estilos de luta que existem. Por que a Capcom cria tantos chefes estranhos, hein Gil? Não seria mais fácil deixar o Bison (Vega) cuidar desse cargo?

Gostei da volta do Fei Long. Ele é um personagem com golpes bacanas e diferenciados, vamos ver como será a move list dele em SFIV. Já Dan, bem, eu acho que ele pode estar ocupando vaga de um personagem mais importante. Não é que eu não goste dele, mas poxa vida, se a Sakura ficar de fora porque o Dan já pegou a “vaga” de personagens da série Alpha…Tiro na testa…

O que vocês acharam das novidades?