Snoopy na História dos Jogos

por Marcos Diniz

Como diria Charlie Brown, “Que puxa!”

Em 4 de outubro de 1950 nascia um dos personagens mais “Cools” que eu já li e assisti. Snoopy que inicialmente foi chamado de “Sniffy”, era diferente de muitos personagens da época. Ele é um cão que vive em mundo de muita imaginação e sonhos junto com seu dono, o melancólico Charlie Brown. A série fez tanto sucesso que precisava virar jogo e a Atari soube muito bem como fazê-lo.

Em 1984 a Atari lançou o primeiro game para console – Snoopy and Red Baron. O jogo foi inspirado no capítulo onde Snoopy enfrenta um de seus arquinimigos o RED BARON, que logo tronou-se um sucesso entrando rapidamente para a série ouro da Atari junto com outros títulos de peso como; Pitfall, River Raid, Moonpatrol, Hero, Space Invaders entre outros.

Com gráficos excelentes para época, jogabilidade viciante e uma trilha repetitiva mais incrível, Snoopy foi durante anos, um de meus jogos preferidos do velho e saudoso Atari.
Continuar lendo “Snoopy na História dos Jogos”

Nostalgia olímpica

Já escutou o GoLuckast #27? Então clique aqui e confira!
———————————————-

Por Carlinha Rodrigues

As olimpíadas começaram e apesar de todos os jornais, noticiários, revistas e pessoas só falarem sobre isso, às vezes é meio difícil acompanhar as competições. Poderíamos fazer um esforço para ver a esgrima (sub-esporte?) quatro da manhã, mas preferimos ficar jogando videogame ou simplesmente dormindo mesmo.

Mas olimpíadas acontecem uma vez a cada quatro anos, se você quer estar mais em contato com este evento sem precisar esperar até três da manhã pra ver algo interessante, uma alternativa é jogar Beijing 2008, o jogo oficial das olimpíadas para PC, Xbox 360 e PS3.

O jogo apresenta 38 modalidades e times de 32 países, e dois modos de jogo, um chamado “competição” que você pode jogar com até três amigos em casa ou até sete pessoas online escolhendo a modalidade que preferir competir, ou o modo “olimpíadas” onde você precisa atingir os objetivos que são dados ao seu time se quiser progredir na competição.

Porém o mais legal do jogo não é o jogo em si, e sim a lembrança que ele traz do antigo Decathon que eu jogava quando era pequenina no meu Atari. Os gráficos de Beijing 2008 são muito melhores – ainda bem, né? – mas a jogabilidade lembra muito, principalmente quando você está disputando uma prova de corrida e é obrigado a mover rapidamente a alavanca do seu controle que na época era o joystick. E quantos joysticks não se quebraram por causa desse jogo?

Se você não quiser arriscar a alavanca do seu joystick, há um outro modo alternativo para correr que é apertar dois botões em seqüências alternadas. Já na natação o jogador faz uso das duas alavancas como se fossem os movimentos dos braços do nadador, e em exercícios de ginástica basta apertar a seqüência de botões que aparecer no vídeo.

Não é o melhor dos jogos, mas em alguns aspectos é mais divertido do que ver algumas modalidades nas olimpíadas reais lá pelas tantas da manhã.


Duplo twist carpado

Dig Dug: The Untold Story

por Marcos Diniz

Dig Dug é um famoso jogo do arcade de 1982, onde o objetivo é eliminar dragões verdes (Fygars) e monstros vermelhos (Pookas). Jogabilidade bem simples mais é bem viciante.

Mas o que eu quero mostrar não em si o jogo e sim uma paródia feita para ele.

Confira Dig Dug: The Untold Story.

Quem quiser ver mais vídeos e algumas paródias dos jogos. O site é The Duo Group. Lá está disponível também animações bem bacanas de Halo e Metal Gear Solid.

PornAtari

(GoLuck Adverte: Este post é proibido para menores de 18 anos)

por John Holmes

Vídeo Games e Sexo sempre causaram polêmica, desde do Atari com X-Men, até os mini-games de GTA. Fora outros que possuem cenas eróticas como por exemplo; DarkWatch e God of War.

O ilustrador Genaro De Sia resolveu colocar sua “arte para fora” – calma lá, não levem por trás. É no sentido artístico! Genaro fez diversas ilustrações usando a técnica vetor do Photoshop usando como fundo, alguns dos famosos jogos da Atari.

Os resultados vocês podem conferir após o pulo.

Continuar lendo “PornAtari”

PhotoGames

por Marcos Diniz

Não deixe de asssitir o Especial Videokast GTA IV. A equipe se reuniu para gravar um mega especial destrinchando todos os detalhes sobre o jogo mais polêmico do ano. Além de conferir nossas opiniões, você vai poder conferir alguns momentos que tivemos em Liberty City.
__________________________________________________________

Hoje graças aos programas de edição de imagem tudo é possível. Como por exemplo, aquela atriz cheia de “estrias e celulites” ficar perfeita, ou aquele colaborador anormal se passar por Niko Bellic. Enfim, são diversas situações que podemos simular.

O site francês Fubiz foi mais original. Publicou diversas fotos de paisagens reais com montagens de diversos jogos da década de 80. Que por sinal ficaram bem legais!

Confira e no final não deixem de comentar é claro!

Caso queriam ver mais imagens, clique aqui.

Eu gostei muito da imagem do Mario III (Deserto). E vocês, qual é a mais bacanuda?

Yo! Noid

por Marcos Diniz

Voltando no tempo, muito tempo mesmo! Para ser exato 18 anos atrás em 1990. O jogo; Yo! Noid.

Parece até nome de programa de RAP, mas não. Para quem nunca jogou ou nunca ouviu falar, Yo!Noid é um jogo de plataforma ao estilo Mario Bros que fez um baita sucesso no Nintendo 8 bits.

A história de Yo! Noid é até engraçada. Noid que não nóia, é um jovem com cara de nerd que está armado com seu super Iô-Iô (Taí o nome do Yo!) e deve livrar a cidade de Nova York das garras do vilão sujo com cara de sabão, o Sr. Mr. Green!

Mr.Green, mas conhecido como “Vilão”, deixou que a cidade fosse invadida por criaturas perigosas e malvadas e nosso amigo é o único que poderá resolver esse problema. Ou seja, Viva! Temos Yo! Noid.

O título não chega a ser um jogo original, ele é exatamente uma modificação de um jogo japonês lançado pela própria Capcom, chamado Kamen no Ninja – Hanamaru.

“Só pra constar, o maluco ai em cima terminou o jogo em 19 minutos e 29 segundos. Olha o maledito vício!”

Curiosidades sobre o jogo

Para quem não sabe, Yo! Noid é o ex-mascote da rede americana de Domino´s Pizza. Em algumas fases do jogo há uma espécie de torneio, onde vence, quem conseguir comer mais pizzas.

Entenderam? Comer Pizzas! Yo! Noid. Domino´s Pizza.

Ok, essa foi pobre!

Desde aquela época já rolava merchan nos jogos. E como diria Milton Neves:

“Um oferecimento de…chupitaaaa!”

Como eu havia dito, o mascote só virou “ex” devido um incidente ocorrido em um dos eventos da pizzaria, onde um funcionário que se vestia de Yo!Noid para divertir as crianças, foi espancado até a morte por “débios adolescentes” bêbados. Enfim, uma pena mesmo!

Por isso a empresa decidiu não usar mais o mascote e também não houve nenhuma continuação desde então.

Foi o fim de um personagem da “Era 8bits”.

Não tão antigos assim!

Por Marcos Diniz

Geralmente a publicidade de games são famosas, principalmente pela criatividade. Criar desejo de um console X para jogadores casuais ou hardcore não é um tarefa nada fácil. Principalmente hoje onde as pessoas praticamente não têm tempo para nada.

E é daí que entra a boa propaganda.

Para vocês entenderem o que eu estou escrevendo, confiram a sacada Vintage (Retrô) destes designers!

Fonte: Worlth1000.com